O BTT de um destes dias traz uma pergunta interessante, que é:


_________________________________________________________________________________
São "melhor" e "favorito" a mesma coisa? 
Se alguém te perguntasse: "Qual é o melhor livro que já leste?"  A resposta seria a mesma para: "Qual é o teu livro favorito?"
_________________________________________________________________________________

A minha resposta é não!
O melhor livro que li não é o meu favorito. E porquê? Porque é o melhor a nível de personagens, de estrutura, de enredo, de factos históricos, é aquele a que chamo um grande livro! O meu favorito é simplesmente aquele que mais "abalou" os meus sentimentos, os meus valores, aquele que me fez questionar inúmeras coisas...

Já agora aproveito para deixar um exemplo (sim, porque há mais títulos) de um "favorito" e de um "melhor" :)

Guerra e Paz de Tolstoi - MELHOR
A Saga de um Pensador de Augusto Cury - FAVORITO


9 comentários:

    On 15 outubro, 2013 Kel disse...

    Concordo inteiramente contigo.
    Esta pergunta do BTT é super gira :)

     

    Paulinha,
    olha aí está uma pergunta na qual não tinha pensado.
    Melhor e Favorito.
    Sim, melhor livro pode-se considerar aquele que apresentou mais qualidade na construção narrativa, das personagens, de toda a estrutura, diga-mos um livro completo tal como "Guerra e Paz", esse sim, na minha opinião, a grande obra a par de "D. Quixote".
    Agora o meu favorito?
    Dificil.
    "Guerra e Paz" ensinou-me muito, assim como "Crime e Castigo", mas acho que não tenho favorito, tenho sim favoritos. A par dos que referi antes, lembro-me de "Equador", "Filha do Capitão", "Vida de Pi", "O Perfume", e tantos outros.

     
    On 15 outubro, 2013 Paula disse...

    Iceman, confesso que também nunca tinha pensado nessa questão, mas é bastante certeira, pois o favorito pode não ser o melhor livro :P
    Também tenho muitos outros favoritos.

     
    On 15 outubro, 2013 Vasco disse...

    Concordo em absoluto com o artigo e de facto as perguntas são diferentes. Antes, provavelmente, tenderia a pensar no livro favorito em qualquer uma das questões. Agora não, graças a ti, Paulinha. No entanto, não tenho resposta para qualquer uma das duas. Felizmente tenho muitos livros favoritos e muitos que considero como sendo os melhores.
    Mas os livros do Cury não se enquadram nos meus de eleição. ^_^

     
    On 15 outubro, 2013 Paula disse...

    Vasco, estou a sentir ironia com o Cury!!
    Já o leste??? Não né?
    Então como podes dizer isso??

     
    On 15 outubro, 2013 Paula disse...

    Vá lá manda um título para favorito e um para melhor :) Assim não tem piada.

     
    On 15 outubro, 2013 Vasco disse...

    Ahahah!
    Não, não li. Podias desejar-me melhor sorte!
    O último que li da lista "melhores" - "A Estrada"
    O último que li da lista "favoritos" - "A Verdade Sobre o Caso Harry Quebert"

     

    Pergunta difícil... Cury, não, peço desculpa... Preferidos? «A minha família e outros animai», de Gerry Durrel. A saga do assassino. «O medo do homem sábio» (tão bem escrito que nem parece um fantástico americano...). A «Autobiografia» da Agatha Christie. O melhor? Um em que não toco há anos nem penso voltar a tocar: «Em nome da terra», deVergílio Ferreira, sobre o amor na decadência física.Lindo mas terrível.

     
    On 23 outubro, 2013 Paula disse...

    M. João Monteiro,
    Fiquei curiosa com este de Vergílio Ferreira
    Abraço

     

Blogger Templates by Blog Forum