Querido Pai Natal

Querido pai natal, este ano portei-me muito muito bem. Não quero que aches que só falo contigo por interesse mas tens comido as minhas bolachas durante todos estes anos então penso que é reciproco :D

Para começar, quero tanto tanto tanto a versão física de 

Daisy Jones & The Six

está assim grande para veres bemmmm

A pipoca mais doce lançou um livro, 
Separados de Fresco

Depois, se não for pedir muito, 
a edição de colecionador da "Alice no País das Maravilhas", 
a edição de capa dura de "Mulherzinhas"
também temos na wish list o "The Shining" da Bertrand Editora e "Escrever", também do King

Com os melhores cumprimentos, a tua leitora preferida :D

Fora de brincadeiras, hoje em dia para arranjar livros em português de Portugal só mesmo pedindo ao pai natal, é que senão vamos todos à falência.






DEZEMBROOOOO

 FELIZ MELHOR MÊS DO ANO A TODOSSSS!!! JÁ CHEIRA A NATAL!!!

Levei 11 meses esperando por esta altura do ano e já chegou!!!!! Yupiiiii

Sejam felizes e aproveitem a melhor parte das festas, a véspera !!!!!




É por isto que adoro a Beth O'leary:

"Addie e Deb viajam de carro até à Escócia para assistirem ao casamento de uma amiga, quando um outro carro embate no delas. O condutor da outra viatura é Dylan, o ex -namorado de Addie. Dylan e Marcus também vão a caminho do casamento, mas, agora que os dois ficaram com o carro inoperacional, Addie vê-se obrigada a oferecer-lhes boleia. E é assim que, de um momento para o outro, o Mini se enche de bagagem e segredos. Nos quase 650 quilómetros que têm pela frente, Addie e Dylan serão obrigados a confrontar-se com a atribulada história da sua relação."

Texto enviado pela editora.




Sintam-se bem

 Li isto no outro dia nalgum sítio e achei interessante transmitir. É basicamente o seguinte, não se sintam obrigados a serem os melhores nas vossas ocupações de tempos livres. Não precisam de ser a pessoa que mais lê, nem a que melhor sabe cozinhar e muito menos a que mais vê filmes ou limpa a casa. Acho que perceberam a ideia. Façam o que vos traz conforto nos vossos tempos livres, não têm que provar nada a ninguém e muito menos cobrarem se a vocês próprios por algo. Revejam os filmes que vos trazem conforto, releiam aqueles livros de rolo sem conteúdo que vos deixa de coração quentinho, mas sejam felizes, a vida é só uma e se não são renumerados por algo, ao menos façam uma coisa saudável.







Respondendo a comentários

 Por falta de temas e por querer continuar a manter contacto, aqui vão umas fotos minhas enquanto respondo aos comentários XD

Eu, a Miluxa e o Artur, faltam os restantes animais da casa mas só estes é que conseguem estar juntos numa foto sem possibilidade de carnificina 🤣🤣🤣




Aulas (im)Produtivas

Estava eu numa aula quando o seguinte se passou:

O professor disse entre outras barbaridades mais ou menos isto "uma mulher que sai à rua de mini saia provavelmente vai ser violada pelo que está a vestir porque não estamos na mentalidade de um violador"

Tenho a dizer que, se a mesma mulher que sai de saia sair de fato de treino e passar pelo  violador vai ser violada na mesma! Até porque estes nojentos não querem saber da roupa que estás a usar nem da maquilhagem na tua cara.

Em segundo, acho que os professores deviam ser analisados por um psicólogo, porque ao dizerem isto numa turma em que estão presentes 20 pessoas dá carta branca para faltarem ao respeito com mulheres que estejam a usar roupas mais curtas.

Finalmente tenho a dizer que uma conversa assim só poderia vir da boca de um homem que nunca soube qual o medo de passar numa canada escura, sozinho, de mini saia ou de fato de treino!

A culpa nunca é da mulher, se não houve consentimento a culpa nunca é da mulher!


VOLTEI

 Sem tempo para pegar num livrinho mas sem deixar de querer vir aqui falar um bocadinho, pedi à embaixadora deste Blog ou como a trato casualmente, "mãe", a permissão de publicar o que quisesse sem a preocupação de ferir suscetibilidades e adivinhem ELA DEIXOU!

Vem aí uma era de crítica social, mais ou menos como o #nonsense em que irei publicando coisas que me incomodam com a sociedade e afins nos dias de hoje. :)




Leituras..

Depois de um més sem tocar num livro (ou pelo menos desde o começo das aulas) tenho a dizer que estou bastante entusiasmada com este bichinho. 

Taylor Jenkins Reid é das minhas escritoras favorita,  mas tenho imensa pena que só tenha um livro traduzido em Portugal, até porque ler uma obra com este tipo de escrita no kindle é um pecado, simplesmente perde toda a piada.




 Chegou no dia 13 às livrarias a adaptação a novela gráfica do clássico Ana dos Cabelos Ruivos, da escritora canadiana L.M. Montgomery, publicado originalmente em 1908. A presente adaptação mantém-se fiel ao espírito da obra, que foi pensada e escrita para todas as idades.

Texto enviado pela editora.




O aclamado romance juvenil do premiado autor norte-americano Jason Reynolds, já anteriormente publicado pela Fábula - Ghost (2019) e Patina (2020) - chega finalmente às livrarias.


O que se passa no caminho entre a escola e a casa? Para escrever este livro, Jason inspirou-se na sua própria vida, e na de tantos companheiros, e nesse curto trajeto sem supervisão de adultos. Um tempo e um espaço de rara autonomia na vida bastante controlada do início da adolescência.

(Texto enviado pela editora)


Até pedia um exemplar mas agora as editoras só querem saber de tiktokers e youtubers :'(





O Diário de um Banana acompanhou a minha infância e fiquei extremamente feliz pela noticia que se segue.

"Foi com enorme entusiasmo que o Disney+ e Jeff Kinney, autor de uma das coleções infantojuvenis mais bem sucedidas de sempre, O Diário de um Banana, anunciaram a adaptação das aventuras de Greg Heffley a filme de animação.

 


O filme é  baseado no 1.º volume da série, título que já soma 36 edições em Portugal — a coleção totaliza mais de 1 milhão e meio de livros editados, 250 milhões em todo o mundo. Estreia a 3 de dezembro."


Como se isso não bastasse, o Diário de um banana 16 terá lançamento mundial no dia 26 de outubro.



Frases que nos fazem pensar…




Leituras atrasadas

Leituras atrasadas por motivos expressos na foto abaixo  🤷‍♀️👇👇👇

Boa semana a todos.





Bom Domingo

 





Bom Fim De Semana


Com chancela da Lilliput, esta é uma história sonhadora e delicada acerca de um menino com Síndrome de Asperger, considerada uma Perturbação do Espetro do Autismo (PEA), que nos mostra a ligação especial que ele constrói com uma das criaturas mais incríveis do planeta.

A experiência da autora, Isabelle Marinov, mãe de uma criança autista, e a revisão científica de Tony Attwood, psicólogo clínico especializado na Síndrome de Asperger, tornam este livro uma valiosa ferramenta para pais e educadores que lidam diariamente com o Autismo. 





Poderá uma promessa mudar o destino de duas mulheres afastadas por décadas de vida? A Promessa Proibida é uma história de amor e segredos, passada na Escócia e contada a dois tempos, entre a Segunda Guerra Mundial e a atualidade. O primeiro romance de Lorna Cook, A Vila Esquecida (publicado em 2020), tornou-se um sucesso de vendas e valeu-lhe o Prémio Melhor Nova Autora da Romantic Novelists’ Association e o Prémio Melhor Romance de Estreia.

(Texto enviado pela editora).




Duas irmãs, um oceano de mentiras e a procura da verdade. Josie foi morta há anos num ataque terrorista. Foi nisto que sempre acreditou a sua irmã Kit. Até ao dia em que um direto na TV, de um incêndio numa discoteca em Auckland, apanha a imagem de uma mulher aos tropeções no meio dos destroços. A semelhança com Josie é inconfundível. Kit parte à procura da irmã, numa viagem que vai desenterrar múltiplos segredos. Quando Acreditávamos em Sereias é um verdadeiro fenómeno de popularidade e bestseller da Amazon, do Washington Post e do Wall Street Journal.

(Texto enviado pela Editora).



Porquê seduzir um duque de modo convencional, quando se pode raptá-lo num assalto planeado ao pormenor? Assalto ao Duque conta a história de Chloe, uma mulher com uma maldição que é também um dom, e de Lawrence, atormentado pelos erros do passado. O início de uma nova e apaixonante série de romances de época e a estreia de uma nova autora bestseller de ficção romântica em Portugal.

(Texto enviado pela editora)








Um homem é encontrado brutalmente assassinado em Londres, dentro de um barco. Laura é a jovem problemática que foi vista pela última vez com a vítima. Carla é a tia inconsolável. E Miriam é a vizinha bisbilhoteira que encontrou o corpo. Um Fogo Lento é um olhar inflexível sobre os danos causados pela dor, pela perda e pela traição, e a vingança e o castigo que se lhes segue.

(Texto enviado pela editora)





Setembro

 Não tive ideias para a publicação de hoje, portanto venho desejar um bom setembro a todos. (~ ̄▽ ̄)~




Para Além da Leitura

Adivinhem lá quem é que faz mais coisas que ter a cabeça em livros todo o dia???

Bem, um dia destes enquanto procrastinava uma leitura aconselhada pela minha mamã (histórias para o próximo capitulo) decidi que iria fazer uma mala com toalhas de mesa velhas. Sem nunca ter pegado numa agulha.. e adivinhem?! Não me saí muito bem (após alguns falhanços épicos na construção da bendita). Depois disto veio uma saia, e mais outra, e até um top feito de retalhos vejam só. 

Com isto quero dizer que nunca é tarde para fazermos nada. Que quando as coisas não saem como pretendemos não devemos desistir, porque dá tanto orgulho vermos as nossas melhorias e que todas as imperfeições tornam tudo mais perfeito e com muito mais personalidade. 



O Meu Mundo


 


Autobiografia, Agatha Christie

“Não julguem o livro pela capa” eles dizem...

Como é que isto pode passar despercebido numa estante???

Ainda por cima é da ASA (o tamanho da letra é maravilhoso).

Nunca vi nenhuma opinião sobre este livro, nunca sequer peguei numa obra da rainha do crime mas há uma primeira vez para tudo. Então se realmente for bom (ou não) venho aqui dar a minha sentença :D




Fools...

 

 

Um romance premiado, com um enredo provocador, imaginativo e satírico.

Branca, de cabelos loiros e olhos azuis, Doris é capturada ainda criança e enviada da Europa para o Novo Mundo – uma terra distante e desconhecida, situada do outro lado do mar e de onde ninguém regressa. Tal como tantos outros da sua raça que caem nas malhas titânicas do Comércio de Escravos, Doris despede-se do seu nome, da sua língua, da sua terra.

Após sobreviver muito a custo à terrível travessia da rota transatlântica, resta-lhe ser vendida a uma família negra, rica e poderosa, e adaptar-se a uma nova vida de servidão e a uma cultura que não é a sua. Porém, ao contrário de quem já nasce escravo, a rebatizada Omorenomwara sabe o que é ser livre e sonha todos os dias com a fuga. Quando essa oportunidade finalmente se lhe apresenta, ela não hesita, mesmo sabendo que isso pode significar a morte.

Um romance provocador e irónico que, ao forjar um mundo às avessas onde os escravos são os europeus e os senhores, os africanos, desconstrói a História e a nossa noção de identidade, não poupando ninguém, nem opressores nem oprimidos. 

(texto enviado pela editora)



Blogger Templates by Blog Forum