Depois de em Março eu ter colocado um post que até suscitou algumas dúvidas sobre a quantidade de livros lançados pela Editora Chiado, eis que agora não há dúvidas sobre quantidades, no mês de Junho a referida editora lançará mais de 70 novos livros.





A velha questão mantém-se: Como serão promovidos estes autores??
Seria interessante que a Editora Chiado também colocasse o programa de promoção e divulgação dos autores no facebook. Mas... será que este existe??
Ou os livros serão impressos e ponto final?

70 livros num mês??

Editoras ou Gráficas???

11 comentários:

    Então Paula,
    Vamos fazer as contas a junho, apresentações diárias por tipo de autor:

    Isto dá para elaborar a promoção dos autores matutinos, vespertinos e noctívagos e ainda sobram sete dias do mês para pausas.

    O leitor que goste de vários autores pode ter a sorte de faltar só um dia ao trabalho e "saca" logo três dedicatórias num dia.

    A isto chama-se empreendedorismo, lean, just in time, FIFO, etc..

     
    On 17 junho, 2013 Iceman disse...

    Editora Chiado é das piorzitas que eu já colaborei. Li várias obras publicadas e percebi que o interesse é publicar tudo o que o autor queira, desde que o mesmo tenha dinheiro para avançar, ele próprio com a edição.
    Têm obras sem qualquer interesse que nem sombras delas existem numa Fnac ou Bertrand.

     
    On 17 junho, 2013 Paula disse...

    Eu acho muito bem que qualquer pessoa possa publicar o seu livro mesmo que tenha de pagar para ver a sua obra na livraria. No entanto, o que não acho justo é as editoras aproveitarem-se disto, dos sonhos de quem escreve para fazerem este negócio desleal. Porque é um negócio desleal. Editam e depois esquecem os autores, esquecem as divulgações, as promoções, o trabalhar o livro!!

     

    Completamente de acordo com a Paula.
    Aponto como exemplo um escritor chamado Pedro de Sá, que garanto ter muita qualidade e é completamente dsprezado pela editora em termos de divulgação.
    Isto é completamente absurdo porque a Chiado acaba por ser uma das prejudicadas: se promovesse o autor como ele merece ganhava muito mais do que aquilo que ganha com o dinheiro saído do bolso do autor.
    Isto é um bocado insano... para não dizer mais...

     
    On 17 junho, 2013 Paula disse...

    Manuel,
    Já tive oportunidade de ler as obras de Pedro de Sá e estou inteiramente de acordo contigo!

     
    On 17 junho, 2013 Vasco disse...

    Eu ia dizer qualquer coisa, mas o silêncio diz mais do que palavras neste caso.

     
    On 17 junho, 2013 Paula disse...

    Pois é Vasco...

     
    On 17 junho, 2013 Ana disse...

    Quantidade e não qualidade.

    Desde que a RA e A&A continuem o bom trabalho já me dou por muito feliz. Existem outras boas editoras, como é lógico, mas estas duas são as que mais fornecem os leitores de Literatura.

     
    On 18 junho, 2013 Espiral disse...

    Sim, é muito triste.

    Tenho um amigo que é um grande escritor e publicou por esta editora e´e uma vergonha ter que ser ele a pagar. Especialmente porque estão a fazer dinheiro com ele, ou seja ele se fosse a uma gráfica imprimir os livros conseguia muito mais barato e vendia aos amigos.


    Felizmente, ele é bom e já há outras editoras interessadas no que escreve.

     
    On 19 junho, 2013 Vasco disse...

    Espiral, espero é que as outras editoras não sigam a mesma política. :)

     

    Ainda bem que este assunto é aqui lembrado e discutido.
    Realmente, editoras como esta servem-se dos sonhos de quem escreve para fazerem negócio. A divulgação não lhes interessa porque vivem precisamente do dinheiro que os autores pagam para a publicação.

     

Blogger Templates by Blog Forum