Depois de ler Blasfémia e de ter partilhado convosco esta triste e injusta história de Ásia Bibi pensei em partilhar o livro com várias pessoas, as que tiverem interessadas claro. Pois o último parágrafo do livro é um apelo de Ásia:

“Agora que me conheceis, contai à vossa volta o que me aconteceu. Fazei com que se saiba. Creio que é a única maneira de eu não morrer no fundo desta prisão.
Preciso de Vós!
Salvai-me”

Assim, este não é um livro para ir para a estante, é um livro para ser lido e passado de mão em mão.

O que proponho é o seguinte:

Quem estiver interessado em ler, envia-me um mail. Nesta fase não é necessário enviar dados pessoais, somente o nome completo.

Vou elaborar uma lista que ficará aqui no blogue (na barra lateral direita). Desta lista consistirá a ordem de leitura dos interessados do livro “Blasfémia”, na qual figurará o nome e o mail dos mesmos. Assim, à medida que forem lendo (seguindo a ordem da lista) entram em contacto com o próximo leitor através de mail a solicitar os dados para o envio do livro. Se houver desistentes, passa ao leitor seguinte.

Este é um livro com 140 páginas que se lê no máximo em dois serões. A linguagem é muito simples e a história, como já vos disse, merece ser divulgada. Não só porque Ásia é uma vítima inocente, mas porque como ela, muitas outras pessoas já foram condenadas à morte injustamente!

Agradeço que só se “inscreva” nesta corrente de leitura quem tiver a certeza que irá ler o livro no prazo máximo de uma semana e ainda tiver a certeza que o passará ao próximo da lista.

Sugiro ainda que cada pessoa que o ler assinale o seu nome e a data.
Quando o livro chegar ao último leitor constante da referida lista, deverá ser reenviado para mim com o intuito de realizar no viajar pela leitura um passatempo com este livro assinado por todos que o leram.

Se a corrente não chegar ao fim, fica ao menos a tentativa e o esforço de quem participou!

Fico então a aguardar os mails de todos os interessados para:
viajarpelaleitura@gmail.com até ao dia 5 de Novembro inclusivê.

Iniciativa, apenas para pessoas residentes em Portugal

11 comentários:

    On 17 outubro, 2011 Carmelo disse...

    Teria todo o gosto em participar, mas como resido no Reino Unido parece que vou ficar de fora. Nobre iniciativa, mas poderia ser mais abrangente... fica para uma próxima...

    Carmelo

     
    On 17 outubro, 2011 Paula disse...

    Olá Carmelo, percebo o seu ponto de vista e até teria todo o interesse que o livro fizesse uma viagem pelo "mundo"... no entanto é a primeira vez que "organizo" uma iniciativa assim e algumas dúvidas começaram a surgir, daí eu ter limitado a Portugal.
    Se correr bem, da próxima farei uma mais abrangente.
    Obrigado pela visita e pelo seu comentário :)
    Um abraço

     
    On 17 outubro, 2011 Kel disse...

    Olá Paula,

    Acho a iniciativa fantástica! Normalmente livros deste género não são muito apelativos porque fazem as pessoas "sentir" a dor dos outros, e entrar em mundo a que não estamos habituados. Eu li em tempos o livro "Mulheres da China" que provavelmente é mais pesado que este - é um conjunto de histórias reunidas por uma jornalista chinesa, sobre as mulheres daquele país. Aparecem coisas horríveis, mesmo macabras. Mas é um bom livro para termos consciência do que se passa no mundo. Histórias que de outra forma não chegariam a nós.
    Enfim, se um dia quiseres ler este livro, aconselho. Tenho uma opinião dele no meu blog.
    Voltando a esta iniciativa, vou já mandar-te um email com o meu nome, porque também quero ler o livro!
    Além disso, a ideia do livro andar a passear por diferentes mãos, diferentes cidades, é muito gira!
    Beijinhos (e desculpa aqui o testamento) :p

     
    On 17 outubro, 2011 Paula disse...

    Kel,
    Não conheço a obra que referiste, mas vou pesquisar. Tenho um livro lá em casa por ler que se chama "Cisnes Selvagens" não sei se tratará do mesmo tema.
    Estás à vontade para escrever neste cantinho o que entenderes, eu é que agradeço :D
    Abraço

     
    On 17 outubro, 2011 Mari disse...

    Gostei muita da iniciativa, acho até que vou participar, apesar de ser uma pessoa de coração mole e só a ler a sinopse fiquei bastante comovida, mas penso que será interessante ler este livro, até porque é uma leitura rápida não é.

    beijinhus :)
    Mari

    aborboletadepapel.blogspot.com

     

    Olá, Paula.

    Parece-me uma iniciativa interessante, vou aderir.

    Quanto ao livro que a Kel fala, não é o Cisnes Selvagens (também tem passagens chocantes, como o hábito das mulheres "quebrarem" os pés para usar sapatinhos mini), que já li, e recomendo. ;)

    Barroca.

     
    On 21 outubro, 2011 Kel disse...

    Olá!

    Sim, o que eu falei não é o Cisnes Selvagens, chama-se "Mulheres da China" da jornalista Xinran. Ela escreveu mais livros sobre histórias de mulheres chineses..a minha mãe já leu outros, mas eu ainda não.
    Barrocas, leste este livro da Xinran ou o Cisnes Selvagens? Não percebi no teu comentário..:p
    Beijinhos e Boas leituras!

     

    @ kel

    li o Cisnes, que é muito bom. O da Xinran já apontei, parece-me interessante. ^^

     
    On 22 outubro, 2011 Kel disse...

    Vou procurar esse livro. Bem, da Xinran tenho a minha opinião no blog: http://kelaraparigadoslivros.blogspot.com/2010/10/mulheres-da-china-xinran.html - se quiseres ir ver és bem-vinda! :)

    Paula, desculpa estar a fazer "propaganda" no teu blog!

    Beijinhos

     
    On 22 outubro, 2011 Paula disse...

    Estão à vontade Kel :D
    Beijinhos

     
    On 06 agosto, 2012 Iceman disse...

    Olha, sinceramente nem me dei conta desta corrente.
    Muito interessante e uma excelente iniciativa.

     

Blogger Templates by Blog Forum