O lançamento do romance «1640» será  no dia 23 de Novembro, quinta-feira, às 18.30, no Palácio Galveias, ao Campo Pequeno, em Lisboa. A apresentação do livro será feita por Miguel Real e Hélder Fernando.



Sinopse:
1640 é um marco fundamental na História de Portugal, o da Restauração da Independência, após 60 anos de domínio espanhol, quando os portugueses se revoltaram e elegeram um rei português, D. João IV. 
O romance surge na sequência do D. Sebastião e o Vidente, depois do trágico fim da monarquia de Avis e anexação de Portugal pela Espanha. A acção decorre entre 1617 e 1667, período riquíssimo em factos, dramas e personagens, que lutam pela sua libertação e sobrevivência, face a uma crise social, económica e política, imposta por Filipe IV/Olivares, coadjuvados por Diogo Soares e Miguel de Vasconcelos, um triunvirato que só terá paralelo na Troika de 2011. 
Quatro guias singulares conduzem o leitor nesta viagem ao passado, através dos seus dramas pessoais e colectivos: o poeta proscrito Brás Garcia Mascarenhas, autor da epopeia Viriato Trágico; a professa Violante do Céu, a Décima Musa da poesia barroca, enclausurada no convento; D. Francisco Manuel de Melo, o maior prosador ibérico do século XVII, prisioneiro na Torre; e o Padre António Vieira, o mais brilhante pregador do seu tempo, a contas com a Inquisição.

Autora:
Deana Barroqueiro nasceu em New Haven Connecticut, nos Estados Unidos da América, em 23 de julho de 1945. Foi essencialmente através da escrita que tomou consciência do seu ser e se relacionou, comunicando e comungando, com o mundo que a rodeava.
Licenciou-se em Filologia Românica na Faculdade de Letras de Lisboa, de cujo grupo de teatro fez parte juntamente com Luís Miguel Cintra, Luís Lima Barreto, Jorge de Silva Melo e tantos outros, num tempo conturbado mas de contínua mudança que recorda com saudade e emoção. 
Por vocação, tornou-se professora de Português, fazendo o estágio na Escola Secundária Passos Manuel, em Lisboa, onde tem concretizado a maioria dos seus projetos de Teatro e de Escrita Criativa com os alunos, tendo publicado várias obras com o Grupo de Trabalho do M.E. para as Comemorações dos Descobrimentos Portugueses, a Câmara Municipal de Lisboa e o Instituto de Inovação Educacional.
Deana Barroqueiro confessa-se uma apaixonada da Língua e Cultura portuguesas, em particular dos Séculos XVI a XVIII, que estuda há mais de vinte anos, e sendo, por natureza ou vício, uma contadora de histórias, não resistiu ao desejo de partilhar, com quem a quiser escutar, essas surpreendentes descobertas das vidas aventurosas ou trágicas, por isso mesmo tão humanas e próximas, de personagens históricas que fazem parte do nosso imaginário coletivo. 
Publicou oito romances históricos e dois livros de contos, os quais já se encontram traduzidos e editados em Espanha, em Itália e no Brasil. No dia 21 de novembro de 2003, nos Estados Unidos da América, durante o sarau para atribuição de prémios do Concurso Literário Proverbo, de cujo júri fez parte, a escritora recebeu um louvor pela Câmara de Newark, em reconhecimento do seu contributo para a divulgação e promoção da língua e cultura portuguesas entre as comunidades de emigrantes da América, Canadá e Europa.
É autora do primeiro livro de ficção editado pela Porto Editora, D. Sebastião e o Vidente e venceu o Prémio Máxima de Literatura (Prémio Especial do Júri).


Este mês e com o apoio da Editorial Presença, temos um exemplar de "Querido Mundo"para sortearmos entre os participantes da rubrica de Novembro. Este é um relato de Bana Alabed que nos dá a conhecer a sua história e a do seu povo. 


Sinopse:
Quando Bana Alabed, uma menina de oito anos, acedeu ao Twitter para descrever os horrores da guerra na Síria, onde ela e a família viviam, as suas mensagens angustiantes emocionaram o mundo e deram voz a milhões de crianças inocentes.

A infância feliz de Bana foi subitamente interrompida pela guerra civil no país, quando tinha apenas três anos. Ao longo dos quatro anos seguintes, ela testemunhou diariamente os efeitos de bombardeamentos, a destruição e o medo. Esta aterradora experiência culminou no violento cerco de Aleppo em que Bana, os pais e os dois irmãos mais novos ficaram encurralados, com escasso acesso a alimentos, água, medicamentos e outros bens essenciais.

Escrito com as próprias palavras de Bana e incluindo cartas comoventes de Fatemah, sua mãe,Querido Mundo não é apenas um relato absorvente de uma família num país em guerra - é também um olhar único e pungente de uma criança sobre uma das maiores crises de sempre da Humanidade. Bana perdeu a sua melhor amiga, a escola que frequentava, o lar e a sua terra natal. Mas não perdeu a esperança - para ela e para todas as crianças do mundo que são vítimas e refugiadas de guerra e que merecem uma vida melhor.

Bana Alabed nasceu em 2009, em Aleppo, Síria. Tornou-se conhecida à escala global pelos tweets que escreveu durante o cerco de Aleppo, em 2016, e pelos seus apelos à paz e ao fim de todos os conflitos armados no mundo. As suas mensagens no Twitter granjearam-lhe legiões de admiradores por toda a parte ao transmitirem uma notável visão dos horrores diários infligidos à cidade, desde os ataques aéreos, à fome, à probabilidade de a família morrer. Em dezembro de 2016, Bana, os pais e os irmãos foram evacuados em segurança de Aleppo para a Turquia. Quando for grande, Bana gostaria de ser professora, como a mãe. O pai é advogado e ela tem dois irmãos mais novos, Noor e Mohamed. Querido Mundo é o seu primeiro livro.


Por aqui estamos a ler...



E agora, contem-me vocês, o que estão a ler???


Sinopse:

Um romance sobre amor, coragem e sacrifício na Revolução Francesa.

Três anos após a tomada da Bastilha, as ruas de Paris fervilham com os ideais de liberdade, igualdade e fraternidade. Para assegurar os direitos recém-conquistados, o governo revolucionário empreende uma perseguição a todos os inimigos da Revolução, entre os quais se incluem os membros da aristocracia.

Estes são acusados de traição e condenados à guilhotina. Vive-se, assim, o Período do Terror da Revolução Francesa.
Movido por um sentido de dever para com a República, Jean-Luc St. Clair, um jovem advogado idealista, muda-se para Paris com a família. Aí, o seu caminho cruza-se com o de André Valière, um nobre que abdicou do seu título e se alistou no exército para evitar a execução, e o de Sophie de Vincennes, uma bela e jovem viúva aristocrática que embarca numa luta pela sua independência.

À medida que a busca incessante por justiça alimenta a sede de sangue nas ruas, Jean-Luc, André e Sophie são forçados a questionar as decisões de quem detém o poder. Conseguirão eles fazer vingar os ideais da Revolução em que tanto acreditam?

Opiniões Rápidas

Só para não dizerem que desapareci, vou emitir três opiniões rápidas acerca dos únicos livros que li nos últimos tempos.

Agora comigo é assim: curto e directo.
Não quero saber!

Que raio de livro é este que foi tão aclamado por aí?
Para já, isto não é um livro; é antes uma compilação parva e repetitiva de uma série de entrevistas. Depois... depois nada. Não me apetece falar mais dele.
Parece que o Max Brooks é filho do enorme Mel Brooks. Sorry lá, Max. O teu pai impulsionou um tipo de comédia altamente inovador na época. Tu querias fazer o mesmo e cheira-me que vais ficar por aqui.

O Fundamentalista Relutante. O personagem principal era tão relutante, mas tão relutante, que nem percebi o que ele queria da vida.
Pronto. Mais um livro médio-fraco. Se calhar ao problema foi que a narração parecia uma entrevista, uma vez mais.
Este livro também foi bastante aclamado. O problema deve ser meu.

Depois de ler Índice Médio de Felicidade, esse sim brilhantemente escrito pelo mesmo autor, Debaixo da Pele é para mim, sei lá, um livro como qualquer outro; uma narrativa que tenta ser profunda - e talvez seja - mas que perde o fio condutor à medida que as páginas passam.
Após uma semana ou duas de ter lido este livro, ouvi na rádio uma entrevista do David Machado em que assumia que gastava tanto tempo e preocupava-se tanto com as primeiras páginas (não sei se disse as 20 primeiras páginas ou os 20% iniciais de cada romance) como com o restante. Bem, está tudo explicado. E, infelizmente, creio que cada vez mais os autores se preocupam com esta regra.

***

Bem, vou andando que a minha vida não é isto.
Maria João, este post é totalmente dedicado a ti.

***

Estive em Havana em Setembro.
E sabem que mais?
Na mesma rua existe uma estátua de Camões e uma placa afixada uns metros à frente alusiva ao Eça.



Os cubanos são do caraças. Os maiores.

Ah, e apanhei o famoso furacão. Segue duas fotos do antes e do depois. No durante estava tudo às escuras.



Espero que tenham gostado.
Até para o ano!

^_____^
Esta conquistou-me :)


Esta é uma novidade da TOPSELLER

Sinopse:

Imagine, caro leitor, a oficina de um relojoeiro.

Imagine ainda que esta história se passa num mundo banal e que o relojoeiro é, também ele, um homem normal… com um talento extraordinário.
Até ao dia em que alguém entra na oficina com o mais invulgar dos pedidos: uma máquina para converter a maldade do mundo em energia.

Quem (pergunta-se o leitor) quererá esta bizarra extravagância? Ora, ninguém mais do que o próprio Diabo… Que, como se sabe, tem formas muito persuasivas de obter o que deseja.
Passaram-se séculos, e o Diabo e a sua máquina estão a ter problemas. É então que, acidentalmente (embora se suspeite de uma certa influência maligna), a pequena e ingénua Hannah Green é arrastada para uma tenebrosa aventura maquinada pelo Diabo.

Preste bem atenção, estimado leitor, pois aqui começará também a sua história, num mundo onde as aparências enganam e as coincidências não existem.


 As fãs da super-heroína mais conhecida do Disney Channel vão adorar estas duas novidades. Um livro de jogos e atividades, com labirintos, sopas de letras, sudokus, diferenças e muito mais. E um diário, onde podem registar as experiências, pensamentos, sentimentos e, claro, os teus segredos.



Miraculous: As Aventuras de Ladybug: Diverte-te com os teus superheróis!


Junta-te aos teus heróis favoritos e embarca no universo Miraculous Ladybug para uma série de desafios estimulantes. A Ladybug e o Gato Noir adoram entrar em ação e salvar a cidade dos maiores vilões de sempre. Mas durante o dia eles são estudantes, como tu, e têm de manter a sua mente em forma! Neste livro vais encontrar inúmeros desafios e atividades que vão pôr à prova os teus conhecimentos sobre as personagens da série e melhorar a tua capacidade de raciocínio, enquanto te divertes a valer!




Miraculous: As Aventuras de Ladybug: O Meu Diário Secreto

Olá! Durante o dia sou a Marinette, uma miúda normal. Mas há uma coisa sobre mim, que ninguém sabe. Eu tenho um segredo… Transformo-me na poderosa Ladybug! Chiu… Não contes a ninguém! Estou aqui porque aceitei uma missão muito especial: oferecer-te este diário. Neste diário podes registar as tuas experiências, pensamentos, sentimentos e, claro, os teus segredos. Aposto que também os tens!




Rute Simões Ribeiro

Rute Simões Ribeiro nasceu em Coimbra, Portugal, a 17 de novembro de 1977. 
«Ensaio sobre o Dever (Ou a Manifestação da Vontade)», é o primeiro romance desta escritora portuguesa e foi uma das cinco obras Finalistas do Prémio LeYa 2015, com o título que recebeu originalmente, "Os Cegos e os Surdos".
É licenciada em Direito pela Faculdade de Direito de Coimbra, especializada em Administração Hospitalar pela Escola Nacional de Saúde Pública da Universidade NOVA de Lisboa onde desenvolve um Doutoramento em Políticas de Saúde Pública e é investigadora. 
É mãe de dois filhos e vive atualmente em Lisboa.


Com autocolantes, O Diário das Melhores Amigas vai mudar a tua vida e a da tua amiga! 
Aqui vão encontrar montes de questionários e dicas que vos vão deixar a pensar. 
Ao preencherem os espaços em branco, estarão a deixar para a eternidade um registo da vossa amizade. 
E ainda têm espaço para colarem fotos e rabiscarem o que vos apetecer.
Tu e a tua melhor amiga vão adorar este diário!






Nestas páginas, com oferta de autocolantes, vão poder registar os melhores momentos com os vossos amigos, as músicas preferidas, os planos para as férias, os segredos mais íntimos que vos unem... e muito mais!  Preencham este diário em conjunto, aproveitando os intervalos na escola ou levando-o para casa, à vez. A escolha é vossa. O importante é que se divirtam muito a escrever e a ler o que cada uma anotou. 
Um tesouro só vosso. Porque as melhores amigas são assim mesmo: partilham tudo uma com a outra! 

Ilustradora:
Mafalda Fernandes nasceu em Torres Vedras e é licenciada em Design pelo
IADE. Tem inúmeros projetos, entre os quais o Nuts for Paper (projeto
relacionado com ilustração, estacionário e merchandising) e mafalda (ilustração)..

Mais sobre o seu trabalho em: nutsforpaper.blogspot.pt



Adoras aviões e comboios? Então não podes perder por nada estes livros (em forma de caixa) que te explicam tudo sobre a história destes dois meios de transporte. No fim trazem ainda a oferta de um avião e de um comboio em 3D para montares e brincares! Vão ser horas de diversão garantidas!
​​

O Incrível mundo dos Aviões
                                                       
Nesta fantástica aventura, vais aprender tudo sobre vários tipos de aviões e descobrir como é que eles funcionam. Além disso, vais conhecer a impressionante história dos seus inventores e perceber como é que o primeiro avião levantou voo.
No final, podes construir o espetacular triplano pilotado pelo famoso aviador 
Barão Vermelho.


O Incrível mundo dos Comboios              

Embarca nesta extraordinária aventura pelos caminhos de ferro e desvenda as maravilhas de um dos meios de transporte mais usados em todo o mundo. Fica a saber de que forma funcionavam as primeiras locomotivas e que velocidades atingem os comboios modernos, entre tantas outras curiosidades. No final, constrói o modelo e observa todos os detalhes da incrível locomotiva!

Uma Divulgação Especial!!!

Quando abri o mail esta manhã e vi estas imagens fiquei fascinada!!!!
Vejam!!!!
Sim! É o Capuchinho Vermelho do conto dos irmãos Grimm



Simmmm!!! É a Branca de Neve!!


São pinturas a óleo, já correram o mundo e estão compiladas num livro que vai ser publicado pela Chiado Editora


Tiago Azevedo lança livro de contos 

Pintor e arquitecto lança livro e expõe pela primeira vez obras de pintura a óleo em Portugal

Lisboa, 15 de novembro 2017 – Tiago Azevedo, pintor e arquitecto português com extensa carreira internacional, apresentará em Lisboa o seu primeiro livro, intitulado “Os Contos dos Irmãos Grimm”. Com apenas 32 anos, o artista já foi convidado a exibir os seus quadros a óleo em Paris, Nova Iorque, Roma, Cannes e Dubai e pretende agora inaugurar o seu percurso como autor em Portugal. O lançamento do livro será no dia 16 de novembro às 18h30, no Palácio Foz, onde algumas das suas obras originais também estarão expostas.



Ainda que já não viva há várias décadas nos Açores, onde nasceu, a mística da neblina e das paisagens do arquipélago continua a ser uma das suas grandes fontes de inspiração e criatividade. Este elemento, em conjunto com o folclore alemão que veio a descobrir nos últimos anos, com as suas tradições, superstições e lendas, levou Tiago a pintar uma série de quadros a óleo, que decidiu agora publicar, juntamente com uma tradução da versão original dos contos para português. Sobre o livro, Tiago Azevedo comenta: “Este livro surgiu do desejo de compilar as minhas pinturas a óleo num formato que pudesse transmitir a componente literária da minha obra, neste caso os contos dos Irmãos Grimm. Sempre fui um apaixonado por fábulas, pelo imaginário e pela fantasia inerente a estas histórias. Neste livro condenso toda a magia dos contos através das minhas pinturas, retratando as suas personagens da forma como sempre as imaginei. Estando próximos do Natal, a minha época favorita do ano, torna-se ainda mais especial. Sinto o livro como uma prenda que partilho com as pessoas.” No seu canal de YouTube, Tiago Azevedo publica com frequência vídeos com as suas técnicas de pintura, bem como biografias dos grandes mestres de arte, desde Frida Kahlo até Salvador Dali e Albrecht Dürer, numa série de episódios dedicados a historia de arte. O livro, editado pela Chiado Editora, será lançado dia 16 de novembro de 2017 no Palácio Foz, em Lisboa, e custa 16€. Estará à venda em diversas livrarias e pontos de venda como Fnac, Bertrand, Wook, Almedina, Bulhosa e El Corte Inglés. O ebook poderá ser encontrado na Amazon, Apple iBookstore, Barnes & Noble, Sony, Kobo, Diesel ebook Store e Baker & Taylor.





Tiago Azevedo é um pintor, autor e arquitecto português. Depois de trabalhar como arquitecto em Lisboa, no Porto e em Munique, Tiago tem nos últimos anos exposto as suas telas a óleo em exposições um pouco por todo o mundo, desde Nova Iorque ao Dubai, passando por Paris e Roma. Neste último caso expos numa galeria pertencente ao Vaticano, o que o artista considera “uma combinação perfeita tendo em conta o caráter religioso de algumas das suas obras”. Tiago Azevedo combina a pintura clássica a óleo com conceitos contemporâneos do pop surrealismo e a sua inspiração emerge de temas religiosos e do mundo fantástico, como aquele dos contos folclóricos alemães dos Irmãos Grimm ou do dinamarquês Hans Christian Andersen. Desde o início do seu trabalho em arquitectura, a arte barroca é um conceito que apaixona Tiago, pelo seus fortes contrastes e dramatismo, conceitos também presentes na sua pintura a óleo.


Sinopse:
Todas as manhãs, Zoe Walker faz o mesmo caminho para a estação de metro, espera no mesmo lugar da plataforma e escolhe o seu assento preferido na carruagem, sem nunca suspeitar que alguém a observa. Durante uma dessas viagens, certo fim de tarde, enquanto lê o jornal local, Zoe vê a sua cara num dos anúncios: uma foto de má qualidade, um número de telefone e a morada de um website: FindTheOne.com (Encontra-a.com) . Nos dias seguintes, as fotografias de outras mulheres começam a aparecer no mesmo anúncio, e Zoe percebe que foram vítimas de crimes extremamente violentos, incluindo homicídio. Com a ajuda de uma polícia determinada, Zoe procura saber o que está por trás daquele anúncio perverso, uma descoberta que vai transformar a sua paranóia em pânico total. Alguém anda a seguir todos os seus passos. E Zoe tem a certeza de que alguém próximo de si a escolheu como próximo alvo. Um thriller obscuro, claustrofóbico e repleto de volte-faces. 

Opinião:
Durante toda a obra vai-se “saltando” da personagem principal Zoe (contabilista), para Kelly (polícia), ou para outra personagem obscura que só no fim se descobrirá quem é (não vou dizer qual, porque assim iriam perder toda a vontade de ler este livro).
No início descreve-nos o dia a dia de Zoe (personagem principal), desde o percurso que faz de casa para o trabalho, e do trabalho para casa, à relação com os filhos, ex-marido, actual companheiro, com o patrão, com os vizinhos e as pessoas com que se cruza. Entretanto “salta” para Kelly e relata o passado dela, da irmã e a atual situação em termos de trabalho.
No meu entender, a autora divaga muito no início, em vez ir logo ao ponto mais importante desta narrativa. Todos os dias está a ser publicado no jornal local, um anúncio de um site de encontros, com uma foto de uma mulher (todos os dias é uma diferente) que desconhece esse facto e que portanto não o consentiu. Algumas dessas mulheres, após a publicação, foram vítimas de perseguição, de assédio, de violência e inclusive de homicídio.
Esta ligação entre as fotos e as vítimas é feita por Zoe, quando vê a sua foto no jornal. É quando Zoe entra em contacto com Katie, e é a partir daqui que toda a investigação se desenrola, até se descobrir quem está por trás de tudo isto.
Mas até se chegar a este início da investigação, a autora levou o seu tempo. A partir daqui a leitura tornou-se mais fluída e aí é que me senti “agarrada” a este mistério, e a minha curiosidade foi “espicaçada” e enquanto não terminei, não tive descanso.
O final para mim foi inesperado, uma vez concluía que o culpado era determinada personagem, depois já pensava noutra e quando se descobriu o culpado e se pensava que tudo tinha terminado, afinal tinha mais uma surpresa.
Apesar do início desta obra não me ter entusiasmado, tudo o que se passou depois valeu a pena a sua leitura e fiquei curiosa em ler o primeiro livro publicado por esta autora, “Deixei-te ir”.

Opinião do Vasco e da Paula da obra:
Deixei-te ir
Rodrigo Guedes de Carvalho



Rodrigo Guedes de Carvalho, nasceu a 14 de Novembro de 1963, no Porto.
Recebeu o Prémio Especial do Júri do Festival Internacional FIGRA, em França, com uma Grande Reportagem sobre urgências hospitalares (1997).
Estreou-se na ficção com o romance Daqui a nada (1992) vencedor do Prémio Jovens Talentos da ONU. 
Seguiram-se-lhe A Casa Quieta (2005), Mulher em Branco (2006) e Canário (2007). 
Elogiado pela crítica, foi considerado uma das vozes mais importantes da nova literatura portuguesa. 
É ainda autor dos argumentos cinematográficos de Coisa Ruim (2006) e Entre os Dedos(2009), e da peça de teatro Os pés no arame (estreada em 2002, com nova encenação em 2016).Regressa ao romance com O Pianista de Hotel (2017).

Depois de Desafio a Dobrar e Pinos, Rodas e Mortais (Booksmile, março 2017) os segredos e as aventuras da Ema continuam em Eu Adoro Animais e Sonhar Não Custa. Com textos divertidos e muito dinâmicos, com rabiscos e doodles ao logo de todas as páginas, estes livros, em forma de diário, vão fazer as delícias de todas as meninas.


O Diário da Ema 3: Eu Adoro Animais

Sinopse:
O meu objetivo é tornar-me a MAIOR ESPECIALISTA do mundo em animais. Por isso, abri um negócio de passeio de animais. Dessa forma, tenho muitos amigos de quatro patas para estudar e ainda consigo ganhar algum dinheiro!
Mas até agora só apareceu um cliente: um lagarto! Entretanto, a INSUPORTÁVEL da Clementina anda muito esquisita, de um dia para o outro, começou a esbanjar dinheiro. Onde é que o terá arranjado?!
Não sei o que se está a passar, mas o meu faro de detetive diz-me que há aqui muitos ENIGMAS por resolver. E eu adoro um bom mistério!



Diário da Ema 4: Sonhar Não Custa Nada Pinos, Rodas e Mortais

Sinopse:
O maior sonho da minha vida é conhecer a Cátia Valentina, a MAIOR ESTRELA POP do mundo e arredores. E sabes que mais? Ela vem à minha cidade, e talvez até à minha escola!
Como? A editora dela está a promover um concurso entre escolas, em que cada uma tem de fazer um vídeo artístico, e a escola vencedora recebe um concerto da Cátia Valentina!
O único problema é que isso significa que talvez tenha de trabalhar em conjunto com a minha PIOR INIMIGA de sempre, a fingida da Clementina. Não sei se vou conseguir...


Autora:
Meredith Costain é australiana e editora da secção literária de diversas revistas nacionais infanto-juvenis. Descobriu desde cedo a vocação para a escrita. A qualidade dos seus livros valeu-lhe a atribuição de vários prémios.
A maior parte das histórias que escreve baseia-se na sua vida pessoal. Muitas das ideias para os seus livros surgem enquanto caminha ao ar livre. Adora escrever para crianças e jovens, dormir, ler, comer chocolate e tocar piano.




Este mês e com o apoio da Editorial Presença, temos um exemplar de "Querido Mundo"para sortearmos entre os participantes da rubrica de Novembro. Este é um relato de Bana Alabed que nos dá a conhecer a sua história e a do seu povo. 


Sinopse:
Quando Bana Alabed, uma menina de oito anos, acedeu ao Twitter para descrever os horrores da guerra na Síria, onde ela e a família viviam, as suas mensagens angustiantes emocionaram o mundo e deram voz a milhões de crianças inocentes.

A infância feliz de Bana foi subitamente interrompida pela guerra civil no país, quando tinha apenas três anos. Ao longo dos quatro anos seguintes, ela testemunhou diariamente os efeitos de bombardeamentos, a destruição e o medo. Esta aterradora experiência culminou no violento cerco de Aleppo em que Bana, os pais e os dois irmãos mais novos ficaram encurralados, com escasso acesso a alimentos, água, medicamentos e outros bens essenciais.

Escrito com as próprias palavras de Bana e incluindo cartas comoventes de Fatemah, sua mãe,Querido Mundo não é apenas um relato absorvente de uma família num país em guerra - é também um olhar único e pungente de uma criança sobre uma das maiores crises de sempre da Humanidade. Bana perdeu a sua melhor amiga, a escola que frequentava, o lar e a sua terra natal. Mas não perdeu a esperança - para ela e para todas as crianças do mundo que são vítimas e refugiadas de guerra e que merecem uma vida melhor.

Bana Alabed nasceu em 2009, em Aleppo, Síria. Tornou-se conhecida à escala global pelos tweets que escreveu durante o cerco de Aleppo, em 2016, e pelos seus apelos à paz e ao fim de todos os conflitos armados no mundo. As suas mensagens no Twitter granjearam-lhe legiões de admiradores por toda a parte ao transmitirem uma notável visão dos horrores diários infligidos à cidade, desde os ataques aéreos, à fome, à probabilidade de a família morrer. Em dezembro de 2016, Bana, os pais e os irmãos foram evacuados em segurança de Aleppo para a Turquia. Quando for grande, Bana gostaria de ser professora, como a mãe. O pai é advogado e ela tem dois irmãos mais novos, Noor e Mohamed. Querido Mundo é o seu primeiro livro.


Por aqui estamos a ler...



E agora, contem-me vocês, o que estão a ler???

Blogger Templates by Blog Forum