Excessos

Em Portugal, tem-se publicado mais do que um livro/ hora.


Nos canais principais, não contando com globos e canais de memórias e de ficção e outros que tais, emite-se cerca de meio dia de telenovelas e séries (tipo telenovelas)/ dia.


Neste país, trabalha-se mais do que em qualquer outro território europeu da OCDE


Quantidade não é qualidade, costumo ouvir.
Eu acho até que, a partir de determinado ponto, quantidade é inversamente proporcional à qualidade.
Mas isto sou a divagar.
Pergunto-me que livros terá levado Cristiano Ronaldo para o Europeu 2016...

Querem fazer as vossas apostas?

As minhas são:



 Não me parece que os restantes tenham levado livros.
Penso que terão levado apenas os seus MP3, unicamente com uma faixa a ser tocada repetidamente.


Bom dia!!
Estamos quase quase em Julho!!!




Como sabem, este mês temos um exemplar de "Um Homem Chamado Ove" para sortear entre os participantes da rubrica.


Sinopse:
À primeira vista, Ove é o homem mais rabugento do mundo. Sempre foi assim, mas piorou desde a morte da mulher, que ele adorava. Agora que foi despedido, Ove decide suicidar-se.
Mal sabe ele as peripécias em que se vai meter.
Um jovem casal recém-chegado destrói-lhe a caixa de correio, o seu amigo mais antigo está prestes a ser internado a contragosto num lar, e um gato vadio dá-se a conhecer. 
Ove vê-se obrigado a adiar o fim para ajudar a resolver, muito contrariado, uma série de pequenas e grandes crises.
Um Homem Chamado Ove é um livro simultaneamente hilariante e encantador. Fala-nos de amizades inesperadas e do impacto profundo que podemos ter na vida dos outros.

E, é sempre bom relembrar as regras!!
A cada participante é atribuído um ou vários números dependendo do nº de segundas que participam. Por exemplo, se um participante comentar nas 4 segundas, é atribuído a este participante 4 números, se participar apenas numa segunda, só será atribuído um nº.
São os números que vão a sorteio.
O vencedor, será anunciado sempre na segunda-feira do mês seguinte. 
Os participantes têm de estar atentos, para que depois possam enviar a sua morada para o mail do viajar. Se não o fizerem no prazo máximo de um mês, deixam de ter direito ao livro ganho.
A partir de 2015, o envio dos livros é feito apenas para Portugal Continental e Ilhas.

Por aqui, andamos a ler... 



E vocês?? O que andam a ler?

Vaidade

Há uma coisa que às vezes incomoda a nossa Paula.

Chama-se vaidade.

A mim não me incomoda tanto porque sou mais estúpido e menos sensível.

Mas o Balzac deixou-te este conselho, Paula:
Deve-se deixar a vaidade para os que não têm outra coisa para exibir.


Isto apesar de o teu amigo Tolstoi ter dito (não obstante o facto de, no final da sua vida, ter optado por uma vida simples):
A vida sem vaidade é quase insuportável.

Simon Scarrow

Sou fã deste autor:


Simon Scarrow. 
Este escritor faz parte do catálogo editorial da Saída de Emergência, uma editora com a qual poucas coisas tenho em comum. O gosto por este autor é uma dessas raras coincidências. Há mais uma ou duas - agora estou a ser optimista -  excepções. 
Curiosamente, fui adquirindo os títulos da sua série "Napoleão e Wellington". São quatro volumes que a compõem. E eu, esperto como tudo, acabei de adquirir o último livro que me faltava, ou seja, o primeira da série...


Agora sim, posso começar a ler pelo início...
Nem mais...


Por isso é que os miúdos de hoje em dia saem da primária livres e entram no 2º ciclo já filiados na JSP, na JS ou noutra Juventude Lixo qualquer.

Título   O Erro
Autora   Elle Kennedy
Chancela   Suma de Letras
Nr. de Páginas   368


Sinopse
Depois de um ano como caloira, Grace está de volta à Universidade de Briar, mais velha, mais madura. E já não é a borboleta tranquila que era quando se envolveu com John. Se Logan espera que ela implore e rasteje a seus pés como todas as suas outras conquistas, pode esperar sentado. Desta vez, é Grace quem vai ao volante... e ela tenciona guiar de forma selvagem.


Sobre a autora
Elle Kennedy é autora best seller do New York Times, USA Today e Wall Street Journal. Cresceu nos subúrbios de Ontário, no Canadá, e formou-se em Estudos Ingleses na Universidade de York. Desde muito cedo quis ser escritora e começou a dar os primeiros passos nesta arte ainda na adolescência.
Escreve romances de suspense e eróticos contemporâneos. Heroínas fortes e sensuais, e heróis sexy e musculados são marca dos seus livros, temperados com muito «calor» e alguns perigos, pelo que já conquistou um vastíssimo público leitor.

Podem ler a opinião sobre o primeiro volume da série aqui!
Novo livro nas livrarias.


Acho que não preciso de ler este livro para detectá-los, aos psicopatas. claro.
Sou apenas um gajo observador. Nada mais. E eles são tantos!
L.S.Hilton!


Hum, hum.


Pois claro.


Dá para perceber a razão? Ou, pelo menos, uma das razões?

Bem, na verdade, aos 41 anos, ela já teve 3 maridos. 
Aceitam-se explicações.

O seu livro:

Sugestão #16

Crepes à antiga, na Feira Medieval no Alto Minho. 
Bem bom. Ficam mais finos e estaladiços.


Uma pessoa passa uns 10 minutinhos na livraria e é isto!
Livros para toda a família!



Livro sobre alimentação saudável...
Livro do mestre Murakami que afinal são dois romances e que não necessita de apresentações...
Livro de banda desenhada da série de desenhos animados do Cartoon Network que a Bianca ( e eu) é viciada... Ouçam os nomes dos heróis: Finn, Jake, Marceline, Bimo, Gunter, Rei do Gelo... até aqui tudo bem. Falta o resto: Princesa Labareda, Princesa da Terra do Caroço, Princesa Chiclete, Rei do Gelo, Princesa Cachorro-Quente, Ricardio, Lady Discórnios, Trombina, Mordomo Menta, Senhor Cupcake, Princesa Pequeno-Almoço, Princesa Farrapilho, Senhor Porco, Princesa da Terra dos Frutos Vermelhos, Princesa Músculo, Princesa Fantasma...
Pois bem, é mesmo isto...


Também lutamos contra isto.
Maestra de L.S. Hilton é o thriller mais chocante do ano

Título   Maestra
Autora   L.S. Hilton
Chancela   Editorial Presença
Nr. de Páginas   304


Sinopse
Durante o dia, Judith Rashleigh trabalha numa prestigiada leiloeira de Londres. Ambiciona uma carreira no mundo da arte e, apesar das origens humildes, tornou-se uma mulher sofisticada.
Para fazer face às despesas, aceita trabalhar durante a noite como acompanhante num dos bares da capital. Mas depressa o sonho de uma vida luxuosa se desmorona.
Desesperada, acompanha um dos clientes do bar numa viagem. Após um acontecimento que marca o seu destino, Judith envereda por um caminho violento e tortuoso. Assistimos à ascensão de uma mulher à margem da lei e da moral, segura do seu rumo.
Mas mais do que possível, será a redenção desejável?


Sobre a autora
L. S. Hilton cresceu em Inglaterra e viveu em Key West, Nova Iorque, Paris e Milão. Depois de se ter licenciado em Oxford, estudou História da Arte. Trabalhou como jornalista, crítica de arte e locutora de rádio. Actualmente vive em Londres.
Foi eleita "escritora do ano" pela revista britânica "Glamour".


Toda a informação sobre o livro, aqui, na página da Editorial Presença.

Costuma dizer que França é o seu segundo país...
Sim. Somos capazes de ter várias identidades na cabeça. Quando estou em Inglaterra sou mais europeu, na Europa torno-me mais inglês. Esta manhã sinto-me particularmente inglês.


Férias

Estou de férias.


Daqui a pouco chego ao meu destino.
Até à vista!
Leiam muito.

PS: Não terão saudades minhas porque deixei um monte de posts agendados. Muahahaha!

Adopção

Se alguém aqui do norte quiser adoptar um novo BFF, o canil municipal de Famalicão está pronto para vos receber.
E se forem do centro ou do sul podem vir na mesma que eu pago o almoço.

Vejam aqui o facebook com a respectiva mensagem e contacto:




Os seus livros são isso? Avisos?
Acho que sim. Todos eles. É como colocar um sinal na rua a dizer: cuidado!Curvas Perigosas mais à frente! Abrande!


Promoções #56

Hoje e amanhã!


Promoções disponíveis nas lojas físicas e em www.bertrand.pt.

Aproveitem!

Isabel Allende em promoção

Esta é a autora da semana na Wook:


Isabel Allende.
Não gosto particularmente desta escritora, mas são muitos os que a admiram.
Nos próximos dias poderão adquirir alguns dos seus livros a preços bastante convidativos.


Promoções #55

O que têm em comum Daniel Sampaio, Paul Auster, Isabel Allende, Daniel Sampaio e Haruki Murakami?


Quase nada, excepto que os seus livros estão mais baratos nos dias 21 e 22 de Junho.

Aqui, na Wook.
"Recebo muitas cartas de pessoas que me dizem que a minha escrita lhes salvou a vida. Mas nunca escrevi para isso, escrevi para me salvar a mim próprio."

Título   O capitão saiu para almoçar e os marinheiros tomaram o navio
Autor   Charles Bukowski
Chancela   Alfaguara Portugal
Nr. de Páginas   136
Sinopse
Nesta fascinante compilação de textos diarísticos - recolhida dos seus cadernos e publicada postumamente - Bukowski descreve-nos com profunda candura e sentido de humor os acontecimentos e reflexões que vão pontuando aqueles que serão os seus três últimos anos de vida. Tudo isto com o inconfundível estilo de Bukowski - o artista maior do que a própria Humanidade que retrata


Sobre o autor
Charles Bukowski nasceu na Alemanha, em 1920, mas cresceu em Los Angeles, onde viveu durante cinquenta anos. Publicou o seu primeiro conto em 1944, quando tinha vinte e quatro anos, e começou a escrever poesia com trinta e cinco anos. Morreu em 1994, aos setenta e três anos, pouco tempo depois de completar o seu último romance, Pulp. Viu publicados mais de quarenta e cinco livros de prosa e poesia, incluindo os romances Post Office (1971),Factotum (1975), Women (1978), Ham on Rye (1982), Hollywood (1989) e Pulp (1994). É um dos autores americanos contemporâneos mais conhecidos a nível mundial e, possivelmente, o poeta americano mais influente e imitado de sempre.

Como é que um gajo pode serenar e ler com calma?!


Não há tempo para ler o que se quer...
Mais uma novidade da Quetzal!

Wow!

Desta vez temos vários motivos para ficarmos em êxtase!


Capa brilhante, das melhores que vi até hoje (check)
Autor brilhante, dos melhores que li até hoje (check)
Editores brilhantes, a revelarem-se simplesmente cada vez melhores (check)

Blogger Templates by Blog Forum