Novembro...


Este mês e com o apoio da Editorial Presença, temos para oferecer em passatempo aqui na rubrica a obra "Os Templários" de Dan Jones.
Leiam as regras!!

REGRAS:

A cada participante é atribuído um ou vários números dependendo do nº de segundas que participam. Por exemplo, se um participante comentar nas 4 segundas, é atribuído a este participante 4 números, se participar apenas numa segunda, só será atribuído um nº.
São os números que vão a sorteio.
O vencedor, será anunciado sempre na segunda-feira do mês seguinte.
Os participantes têm de estar atentos, para que depois possam enviar a sua morada para o mail do viajar. Se não o fizerem no prazo máximo de um mês, deixam de ter direito ao livro ganho.
O envio dos livros é feito apenas para Portugal Continental e Ilhas.






PEREGRINOS . GUERREIROS . BANQUEIROS . HERÉTICOS

Os Templários foram a mais rica e poderosa e a mais secreta das ordens militares que floresceram na era das cruzadas. A sua história - que passa pelo maior conflito internacional da Idade Média, por uma rede financeira global, e pela ascensão veloz seguida de uma queda sangrenta e humilhante - deixou um rasto de mistério que continua a fascinar e a inspirar historiadores e romancistas e a alimentar teorias da conspiração

Dan Jones documenta cada fase da história de duzentos anos dos Templários, desde a sua fundação no começo do século XII como ordem de caridade para prestar apoio aos peregrinos que visitavam a Terra Santa; o seu crescimento como uma elite guerreira; a sua evolução para uma sofisticada entidade financeira isenta de regulação fiscal e com acesso privilegiado a papas, imperadores e reis; até à sua extinção em 1312. A partir de então, a sua lenda gerou enorme especulação. Quem eram na realidade os Templários? E o que lhes terá, de facto, acontecido?

Um livro imperdível, escrito com grande rigor sobre uma das épocas mais fascinantes e ao mesmo tempo mais dramáticas da história da Humanidade.



Por aqui estamos a ler...


E vocês o que estão a ler??


Sinopse:
Durante os tumultos da véspera da independência de Angola, uma mulher portuguesa, Ludovica Fernandes Mano - aterrorizada com os acontecimentos - decide proteger-se e isolar-se no seu apartamento. Ergue uma parede separando o seu apartamento do restante edifício - do resto do mundo. Durante quase trinta anos sobrevive a custo, como uma náufraga numa ilha deserta, vendo, em redor, Luanda crescer, exultar, sofrer. Morre em Luanda, na Clínica Sagrada Esperança (curiosamente, o título de um livro de poemas de Agostinho Neto), na madrugada de 5 de outubro de 2010, contando oitenta e cinco anos. Durante esses trinta anos, Ludovica («Ludo») escreve um diário, vários poemas e um vasto conjunto de reflexões sobre esse período - além de desenhos a carvão nas paredes do apartamento.
Tudo registado em cadernos e papéis que Sabalu Estêvão Capitango ofereceu ao narrador deste livro.

Teoria Geral do Esquecimento obteve o prémio literário Fernando Namora em 2013, foi finalista do Man Booker International em 2016 - e vencedor do International Dublin Literary Award em 2017.


Críticas:
«Uma melodia sobre os desaparecidos da guerra e do capitalismo desenfreado, num país onde o esquecimento é morte. José Eduardo Agualusa dá essa melodia com a toada de um mestre. E, findo o livro, fica a sensação de que daqui pode ainda surgir uma teoria menos geral do esquecimento.»
Isabel Lucas, Ípsilon

«Um romance que percorre caminhos e veredas da imaginação, os factos da vida coletiva angolana, da independência aos nossos dias.»
TSF

Live/Books

So true...


Imagem retirada da net

Séries...

Atypical, uma série muito interessante para conhecermos melhor o autismo!
Aconselho.



Novembro já está aí...

No mês passado, referimos aqui na rubrica que era um mês especial... mas ninguém resolveu arriscar o porquê de ser especial...
Acontece que no dia 9 de Outubro o ...Viajar pela leitura... fez 10 anos ^_^
Lindo não é...
Ah pois é, 10 anos it´s something special...
E como tal, vamos oferecer um livro à  pessoa que nos mandou os parabéns...
É ele o Arnaldo, seguidor atento de todos os blogues!!
Parabéns Arnaldo, vou enviar-lhe o livro "Os Meninos que Enganavam os Nazis" de Joseph Joffo da nossa querida Editorial Presença!! (O livro é meu, mas está como novo e penso que será do gosto do Arnaldo)
Uma curiosidade... a Editorial Presença foi a nossa segunda parceria aqui no blogue. É que isto há 10 anos os blogues eram escolhidos a dedo para serem parceiros... não havia esse "boom" de parcerias...
A primeira foi a Europa América... (esteve para fechar e a parceria terminou... não sei se continuam no activo)
Obrigada a todos vocês por nos continuarem a visitar, sem vocês isto não faria sentido!!

Mas vamos à nossa rubrica!!!


Este mês e com o apoio da Editorial Presença, temos para oferecer em passatempo aqui na rubrica a obra "Os Templários" de Dan Jones.
Leiam as regras!!

REGRAS:

A cada participante é atribuído um ou vários números dependendo do nº de segundas que participam. Por exemplo, se um participante comentar nas 4 segundas, é atribuído a este participante 4 números, se participar apenas numa segunda, só será atribuído um nº.
São os números que vão a sorteio.
O vencedor, será anunciado sempre na segunda-feira do mês seguinte.
Os participantes têm de estar atentos, para que depois possam enviar a sua morada para o mail do viajar. Se não o fizerem no prazo máximo de um mês, deixam de ter direito ao livro ganho.
O envio dos livros é feito apenas para Portugal Continental e Ilhas.






PEREGRINOS . GUERREIROS . BANQUEIROS . HERÉTICOS

Os Templários foram a mais rica e poderosa e a mais secreta das ordens militares que floresceram na era das cruzadas. A sua história - que passa pelo maior conflito internacional da Idade Média, por uma rede financeira global, e pela ascensão veloz seguida de uma queda sangrenta e humilhante - deixou um rasto de mistério que continua a fascinar e a inspirar historiadores e romancistas e a alimentar teorias da conspiração

Dan Jones documenta cada fase da história de duzentos anos dos Templários, desde a sua fundação no começo do século XII como ordem de caridade para prestar apoio aos peregrinos que visitavam a Terra Santa; o seu crescimento como uma elite guerreira; a sua evolução para uma sofisticada entidade financeira isenta de regulação fiscal e com acesso privilegiado a papas, imperadores e reis; até à sua extinção em 1312. A partir de então, a sua lenda gerou enorme especulação. Quem eram na realidade os Templários? E o que lhes terá, de facto, acontecido?

Um livro imperdível, escrito com grande rigor sobre uma das épocas mais fascinantes e ao mesmo tempo mais dramáticas da história da Humanidade.




O vencedor da rubrica do mês de Outubro é...
Cláudia Raposo


A Cláudia vai receber o livro...

Cláudia, envie os seus dados para o mail do blogue. Tem 30 dias para o fazer a partir de hoje.
ligialeituras@gmail.com

Por aqui estamos a ler...


E vocês o que estão a ler??

Sinopse:
O que é VALIS? É esta a pergunta central do romance de Philip K. Dick.Quando um raio cor-de-rosa começa a causar a Horse- lover Fat visões esquizofrénicas de uma Terra paralela onde o Império Romano ainda prospera, ele tem de decidir se enlouqueceu ou se uma entidade divina lhe está a mostrar a verdadeira natureza do mundo. VALIS é, além de um romance de leitura obrigatória para qualquer fã de Philip K. Dick, o livro que Robert Bolaño considerou «mais inquietante do que qualquer romance de Carson McCullers». No final, o leitor fica a pensar no que é real ou ficção, e no preço da inspiração divina.


Críticas:
«Philip K. Dick é um dos dez melhores escritores americanos do século XX, uma espécie de Kafka mergulhado em LSD e raiva.» [Roberto Bolaño]

«K. Dick narra uma história inquietante sobre a perceção da realidade, um pesadelo do qual nunca temos a certeza de conseguir acordar.» [Lev Grossman, Time]

«Para todos os que se sentem perdidos nas múltiplas realidades do mundo moderno, lembrem-se: Philip K. Dick foi o primeiro a chegar a elas.» [Terry Gilliam]

Para mais informações procurem aqui.


Outubro!!!


Este mês, temos para oferecer um exemplar do livro "Ninguém Me Ama Como Tu" de Angela Hart    em passatempo. Para participarem basta comentar nas rubricas das segundas-feiras. Leiam as regras!!


Sinopse:
Ninguém me Ama é a comovente história de Vicky, uma menina que chega a casa de Angela indesejada depois de sofrer anos de abuso emocional às mãos da mãe. Com pavor de um dia regressar a casa, Vicky é assombrada por muitos demónios e pesadelos.
Este livro conta a inspiradora história da determinação de Angela em libertar Vicky. Baseado na vida real, é um livro comovente, que retrata a força do amor em casos de maus-tratos infantis.




REGRAS:
A cada participante é atribuído um ou vários números dependendo do nº de segundas que participam. Por exemplo, se um participante comentar nas 4 segundas, é atribuído a este participante 4 números, se participar apenas numa segunda, só será atribuído um nº.
São os números que vão a sorteio.
O vencedor, será anunciado sempre na segunda-feira do mês seguinte. 
Os participantes têm de estar atentos, para que depois possam enviar a sua morada para o mail do viajar. Se não o fizerem no prazo máximo de um mês, deixam de ter direito ao livro ganho.
O envio dos livros é feito apenas para Portugal Continental e Ilhas.



E por aí, o que estão a ler??

A CONTINUAÇÃO DE “RETRATO DE UMA SENHORA” DE HENRY JAMES, PELO VENCEDOR DO MAN BOOKER PRIZE

Sinopse:
No final do século XIX, Isabel Archer, uma jovem norte-americana, é enviada pela tia para a Europa, na esperança de que se familiarize com o mundo e adquira experiência. Quando Isabel herda uma fortuna inesperada, é convencida a casar com um homem sedutor e quase sem recursos, Gilbert Osmond, que mais tarde descobre ser cruel e enganador. Numa viagem a Inglaterra para visitar o primo que está às portas da morte, Isabel tem uma hipótese de se livrar do casamento. Apesar disso, decide regressar a Itália. John Banville acompanha a história de Henry James até este momento. Mas Mrs. Osmond é uma criação de Banville: a criatividade narrativa, a precisão da lírica, as surpresas linguísticas, as camadas de intensidade emocional e psicológica, o subtil humor negro…Mais tarde, o romance escolhe direções que o próprio James talvez se sentisse tentado a seguir.

Para mais informações procurem aqui.

Outubro!!!


Este mês, temos para oferecer um exemplar do livro "Ninguém Me Ama Como Tu" de Angela Hart    em passatempo. Para participarem basta comentar nas rubricas das segundas-feiras. Leiam as regras!!


Sinopse:
Ninguém me Ama é a comovente história de Vicky, uma menina que chega a casa de Angela indesejada depois de sofrer anos de abuso emocional às mãos da mãe. Com pavor de um dia regressar a casa, Vicky é assombrada por muitos demónios e pesadelos.
Este livro conta a inspiradora história da determinação de Angela em libertar Vicky. Baseado na vida real, é um livro comovente, que retrata a força do amor em casos de maus-tratos infantis.




REGRAS:
A cada participante é atribuído um ou vários números dependendo do nº de segundas que participam. Por exemplo, se um participante comentar nas 4 segundas, é atribuído a este participante 4 números, se participar apenas numa segunda, só será atribuído um nº.
São os números que vão a sorteio.
O vencedor, será anunciado sempre na segunda-feira do mês seguinte. 
Os participantes têm de estar atentos, para que depois possam enviar a sua morada para o mail do viajar. Se não o fizerem no prazo máximo de um mês, deixam de ter direito ao livro ganho.
O envio dos livros é feito apenas para Portugal Continental e Ilhas.





E por aí, o que estão a ler??


Sinopse:
Ninguém me Ama é a comovente história de Vicky, uma menina que chega a casa de Angela indesejada depois de sofrer anos de abuso emocional às mãos da mãe. Com pavor de um dia regressar a casa, Vicky é assombrada por muitos demónios e pesadelos.

Este livro conta a inspiradora história da determinação de Angela em libertar Vicky. Baseado na vida real, é um livro comovente, que retrata a força do amor em casos de maus-tratos infantis.

Autora:
Chamo-me Angela Hart e vivo em Inglaterra com o meu marido Jonathan.
Um dia, um anúncio no jornal local chamou a minha atenção: Procuram-se Famílias de Acolhimento
Soube de imediato que era uma coisa que adoraria fazer.
Olhando para trás, percebo que fui muito ingénua.
Gostei dos desafios e das recompensas de ser mãe de acolhimento.
Continuei a estudar, especializei-me em adolescentes com necessidades complexas, e nunca olhei para trás. 
Espero que gostem de ler sobre algumas das crianças maravilhosas que tivemos o privilégio de receber nas nossas vidas.


Citações:
«Um relato comovente que atesta o poder redentor do amor. Espero que Angela Hart seja uma inspiração para outras famílias de acolhimento.» | Torey Hayden
«Uma narrativa extraordinária escrita por uma mulher extraordinária, e trouxe-me muitas recordações.» | Casey Watson


Opinião:
Quando li apenas o título do livro, pensei que era mais um romance “cor-de-rosa” muito “lamechas”, felizmente nesta leitura não se tem vestígios disso.
“Ninguém me Ama” conta a história verídica de Angela. Angela é uma daquelas mulheres cheias de determinação e coragem, que há mais de 30 anos abre as portas da sua casa e do seu coração para diversas crianças, fazendo acolhimento. Esta mulher extraordinária, dá o seu carinho a crianças com os mais diversos problemas, desde crianças em que ficam apenas alguns dias, porque as suas mães têm de fazer algum tratamento e não têm família a onde as deixar, a crianças como Vicky que sofre de maus tratos tanto físicos como emocionais por parte das suas mães.
Ao longo desta obra vamos conhecendo os desafios por que passou Angela, para poder ajudar Vicky  a ser uma criança segura, feliz e que pela primeira vez na sua vida se sentisse amada. 
Uma obra que nos mostra outra realidade, ou uma realidade que eu desconhecia, e que me conseguiu “tocar” profundamente.

Para mais informações procurem aqui.


Outubro!!!


Este mês, temos para oferecer um exemplar do livro "Ninguém Me Ama Como Tu" de Angela Hart    em passatempo. Para participarem basta comentar nas rubricas das segundas-feiras. Leiam as regras!!


Sinopse:
Ninguém me Ama é a comovente história de Vicky, uma menina que chega a casa de Angela indesejada depois de sofrer anos de abuso emocional às mãos da mãe. Com pavor de um dia regressar a casa, Vicky é assombrada por muitos demónios e pesadelos.
Este livro conta a inspiradora história da determinação de Angela em libertar Vicky. Baseado na vida real, é um livro comovente, que retrata a força do amor em casos de maus-tratos infantis.




REGRAS:
A cada participante é atribuído um ou vários números dependendo do nº de segundas que participam. Por exemplo, se um participante comentar nas 4 segundas, é atribuído a este participante 4 números, se participar apenas numa segunda, só será atribuído um nº.
São os números que vão a sorteio.
O vencedor, será anunciado sempre na segunda-feira do mês seguinte. 
Os participantes têm de estar atentos, para que depois possam enviar a sua morada para o mail do viajar. Se não o fizerem no prazo máximo de um mês, deixam de ter direito ao livro ganho.
O envio dos livros é feito apenas para Portugal Continental e Ilhas.



E por aí, o que estão a ler??



Até onde precisamos de ir para encontramos o nosso destino?

Sinopse:
No País da Nuvem Branca é 1º volume da série Trilogia da Nuvem Branca

Londres, 1852. Duas raparigas empreendem uma viagem de barco rumo à Nova Zelândia e tornam-se amigas. Trata-se, para ambas, do início de uma nova vida como futuras esposas de dois homens que conhecem apenas por correspondência.

É o começo de uma nova vida com homens que não conhecem. Gwyneira, de origem nobre, está prometida ao filho de um magnata da criação de ovelhas, enquanto Helen, uma jovem perceptora, parte para se casar com um fazendeiro. Procuram encontrar a felicidade num país que promete ser o paraíso.

No entanto, as ilusões de ambas depressa se esfumam, principalmente quando descobrem que a sua amizade está em perigo porque os maridos são inimigos.

Gwyneira e Helen são mais fortes do que acreditavam ser e rompem com os preconceitos e as restrições da sociedade onde vivem, mas serão capazes de alcançar o amor e a felicidade do outro lado do mundo?


Citações:
«O primeiro livro de uma saga sobre os emigrantes da Nova Zelândia e as aventuras de três gerações desde o fim do séc. XIX até meados do XX. A trama esta bem ligada e as personagens são de carne e isso, Ficamos com vontade de viajar para a Nova Zelândia. Recomendado para os que gostam de sagas familiares.»  Ana Maria Arquer


Opinião:
O início desta obra passa-se em Londres. Aqui ficamos a conhecer Helen uma jovem perceptora, com uma vida complicada e que não vê um futuro promissor na sua vida, em que possa conhecer alguém com quem “construir” uma família. É quando através de um boletim da igreja, vê um anúncio, a pedirem jovens para se casarem com cavalheiros emigrados na Nova Zelândia. Este anúncio capta a atenção de Helen e é assim que se vai “lançar” nesta aventura e se faz ao caminho, para um país tão distante “atrás” de um “cavalheiro” que apenas conhece por correspondência.

Gwyneira tem uma vida simples, mas de origem nobre. Seu pai, um magnata da criação de ovelhas, “perde” a filha para o filho de um fazendeiro emigrado na Nova Zelândia, num jogo de cartas. Gwyneira uma jovem corajosa e ansiosa por aventura, não vira costas ao seu futuro e “embarca” nesta nova vida.
É na viagem de barco rumo a Nova Zelândia que Helen e Gwyneira se conhecem, e embora de personalidades tão diferentes, tornam-se grandes amigas.

Quando finalmente chegam ao seu destino, nem tudo o que sonharam e lhes prometeram é como imaginaram, e a amizade de ambas chega a estar em perigo, porque as famílias dos seus maridos são inimigas.

Durante toda a obra vamos conhecendo o povo que tem as suas origens neste país distante os “maoris”, conhecemos os primeiros colonos e a autora vai descrevendo as paisagens de uma forma tão simples e clara que nos tira o fôlego e nos faz imaginar que também lá estamos e nos vamos apaixonando e desejando um dia visitar este país.

É um “história” por vezes conturbada, mas que nos ensina tanto deste país, bem como as dificuldades por que passaram estes homens e mulheres para sobreviver, bem como as injustiças porque muitos maoris (o povo indígena) passaram.

Vamos conhecendo homens que trabalharam nos baleeiros, ou na caça das focas bebés e ficamos de tal forma impressionados que parece que estamos a assistir a todas aquelas atrocidades e carnificinas.

Depois também temos a febre do ouro, que também não foi uma fase assim tão calma. E com Helen e Gwyneira conhecemos os grandes e pequenos fazendeiros, criadores de ovelhas e de gado.
Também ficamos a conhecer as injustiças contra os Maoris, quanto aos terrenos explorados pelos brancos.

Um livro histórico lindo, onde se aprende muito sobre um país desde a sua “nascença”… em “pulgas” por ler e aprender muito nos próximos dois livros.

Uma última curiosidade, Nova Zelândia na língua indígena maori é  Aotearoa, que significa “A Terra da Grande Nuvem Branca”.


Para mais informações procurem aqui.

Outubro!!!
Como dissemos na semana passada, este é um mês especial aqui no blogue e a pista está lançada!!


Este mês, temos para oferecer um exemplar do livro "Ninguém Me Ama Como Tu" de Angela Hart    em passatempo. Para participarem basta comentar nas rubricas das segundas-feiras. Leiam as regras!!


Sinopse:
Ninguém me Ama é a comovente história de Vicky, uma menina que chega a casa de Angela indesejada depois de sofrer anos de abuso emocional às mãos da mãe. Com pavor de um dia regressar a casa, Vicky é assombrada por muitos demónios e pesadelos.
Este livro conta a inspiradora história da determinação de Angela em libertar Vicky. Baseado na vida real, é um livro comovente, que retrata a força do amor em casos de maus-tratos infantis.




REGRAS:
A cada participante é atribuído um ou vários números dependendo do nº de segundas que participam. Por exemplo, se um participante comentar nas 4 segundas, é atribuído a este participante 4 números, se participar apenas numa segunda, só será atribuído um nº.
São os números que vão a sorteio.
O vencedor, será anunciado sempre na segunda-feira do mês seguinte. 
Os participantes têm de estar atentos, para que depois possam enviar a sua morada para o mail do viajar. Se não o fizerem no prazo máximo de um mês, deixam de ter direito ao livro ganho.
O envio dos livros é feito apenas para Portugal Continental e Ilhas.



E por aí, o que estão a ler??

Blogger Templates by Blog Forum