As luzes nas casas dos outros é o sexto romance da Italiana Chiara Gamberale

A 6 de setembro, a Porto Editora publica As luzes nas casas dos outros, sexto romance de Chiara Gamberale, autora cujos livros estão regularmente nos principais tops de vendas italianos. Nesta obra, a reconhecida comunicadora – apresentadora de programas de rádio e TV, colaboradora de publicações como o La Stampa ou a Vanity Fair – cria um enredo que coloca uma menina órfã de mãe a viver, à vez, com todas as famílias de um prédio em que habita o seu pai, mas que ela não conhece.

As luzes nas casas dos outros possui um tom divertido e inocente, fazendo lembrar O Fabuloso Destino de Amélie Poulain. O jornal La Repubblica considera-o mesmo um romance de «caracterizações minuciosas e hilariantes». O Il Mattino fala numa personagem «forte e ao mesmo tempo frágil». Estes são aspetos-chave de uma história que aborda os temas da família e da identidade.

SINOPSE
Mandorla é a filha feliz de uma mulher repleta de fantasia. Maria, a mamã, trabalha numa empresa de gestão de condomínios e tem o dom especial de transformar cada reunião de condóminos em vibrantes sessões de terapia de grupo.
Quando Maria morre num acidente com a sua mota, os moradores da Rua Grotta Perfetta, 315, descobrem uma carta onde ela anuncia à filha que o seu pai vive naquele prédio. Vendo a harmonia das suas famílias ameaçada, os moradores tomam uma insólita decisão: não realizar o teste de ADN e assumirem, em conjunto, a educação da criança, que passará dois anos em cada lar. Mandorla cresce obcecada em descobrir a identidade do pai e com isso ter uma família normal, como a de todos os outros. Quem será, na verdade, o pai de Mandorla? 

A AUTORA
Chiara Gamberale nasceu em 1977 em Roma, onde vive atualmente.
É criadora e apresentadora de diversos programas de rádio e televisão italianos. Colabora também com várias publicações, como La Stampa, Il Riformista e Vanity Fair.
As luzes nas casas dos outros é o seu sexto romance e o primeiro a ser publicado em Portugal.

Vou ler :)

2 comentários:

    On 30 agosto, 2012 navirj disse...

    Parece bem interessante.:)
    Gostei bastante do seu blog.
    Beijo, Nadia

     

    Ena, pelo título n imaginava que a história fosse essa. Nunca li nada dessa autora. Hei-de experimentar :) jokas

     

Blogger Templates by Blog Forum