Esta capa conquistou-me
no entanto há algo que não me conquistou na nota de imprensa


Diz assim:
“Pílar del Rio, membro do júri, enalteceu o «estilo conciso», as «frases que golpeiam» e «a beleza sem artifícios». Vasco Graça Moura, também jurado, destacou o «ritmo muito seguro, perturbante e por vezes quase alucinatório». O escritor José Luís Peixoto, por sua vez, considerou Os Malaquias uma obra «magistral». Mais elogios para quê?”  
(são estas palavras que coloquei a vermelho que não gostei)
.
Ora, não é por Pilar Del Rio ter gostado da obra e José Luís Peixoto ter elogiado que torna o livro bom.

7 comentários:

    On 12 abril, 2012 Isabel disse...

    Por acaso, muitas vezes agarro num livro, seduzida pela capa.
    Outras vezes é o contrário, se não soubesse que determinado livro valia a pena (porque me foi indicado por alguém) nunca lhe pegaria por causa duma capa que pura e simplesmente não me despertou a atenção. E às vezes no final acabo por compreendê-la.
    Resumindo: acho que as capas têm a sua importância.

     
    On 12 abril, 2012 Paula disse...

    Olá Isabel,
    É como dizes sim, concordo contigo, as capas têm a sua importância, tanto podem enaltecer um livro como fazer precisamente o contrário.
    :)

     

    Olá Paula. Primeiro dizer-te que hoje recebi os livros que ganhei no passatempo. Muito obrigado aos dois! Por outro lado, com respeito à nota de imprensa, parece-me muito pertinente a tua reflexão.

     

    Eu desconfio muito dos livros que trazem elogios rasgados e muita publicidade. Gosto de ser surpreendida.

     

    Uma das capas de que mais gostei até hoje foi a da edição Relógio d'Agua d'A Estrada: preta. Negra como o enredo. Isto para dizer que às vezes as melhores capas são as mais simples.
    Mas atenção: já li e ouvi dizer muito bem deste livro. Parece que é mesmo bom.

     
    On 13 abril, 2012 pertita disse...

    olá
    Eu já tive agradáveis surpresas com livros que comprei unicamente porque adorei... O contrário tb já aconteceu..lol.
    Esta, de facto, é bastante apelativa!
    :)

     
    On 15 abril, 2012 cris disse...

    Outros há que são as sinopse que nos agarram... como Persepolis, já viste?
    bj

     

Blogger Templates by Blog Forum