Mrs Dalloway, Virginia Woolf

Opinião:
Ora aqui está um livrinho que não me agradou nada. É um clássico eu sei, e ainda por cima escolhido pela revista Time como fazendo parte de um dos melhores romances em língua inglesa de 1923 até ao momento, no entanto não me cativou, não me prendeu e li-o até ao fim só para me certificar que não estava a desistir cedo de mais.
Toda a narrativa decorre num único dia, ou melhor no dia de aniversário da personagem principal – Clarissa. O tempo alterna entre o presente e o passado e quase que se funde a quando dos pensamentos e acções dos personagens, tornando a leitura um tanto ao quanto confusa e pesada, em que facilmente se perde o nexo…
Os grandes génios não existem para agradar a todos os leitores. Ler é um acto pessoal e independentemente da qualidade literária da obra, a leitura deve ser um acto de prazer. E, para mim, esta leitura não foi...

5 comentários:

    Confesso que nunca li nada de Virgina Woolf, mas é como dizes: nem todos os clássicos agradam a toda a gente :)

     

    Eu também não me dei lá muito bem com a escrita da Virginia Woolf... tudo bem, é artística, é inovadora, mas não deixa de ser uma escrita... (perdoem-me a heresia) muito chata!

     

    Olá Laura :)
    Há alguns clássicos com os quais não me identifico e já tentei ler algumas vezes :)
    Mas é assim mesmo, temos de ler o que nos agrada.

     

    Manuel,
    Pois foi este pensamento que me ocorreu durante a leitura... :P

     
    On 04 outubro, 2011 Pipa disse...

    Concordo consigo. E tem graça que escrevi recentemente uma crónica sobre isto dos clássicos da literatura que ninguém consegue ler.

    http://cronicasdumafashionvictim.blogspot.com/2011/06/ha-livros-que-nao-sao-para-todos.html#links

    PS: Agora ando às voltas com Proust e não está a correr nada bem ;)

     

Blogger Templates by Blog Forum