A Cabana - WM. Paul Young

“Quando a tragédia se confronta com a eternidade as respostas podem ser avassaladoras!”


Sinopse:
.
“As férias de Mackenzie Allen Philip com a família na floresta do estado de Oregon tornaram-se num pesadelo. Missy, a filha mais nova, foi raptada e, de acordo com as provas encontradas numa cabana abandonada, brutalmente assassinada.
Quatro anos mais tarde, Mack, mergulhado numa depressão da qual nunca recuperou, recebe um bilhete, aparentemente escrito por Deus, convidando-o a voltar à malograda cabana.
Ainda que confuso, Mack decide regressar à montanha e reviver todo aquele pesadelo. O que ele vai encontrar naquela cabana mudará o seu mundo para sempre."
.
A Minha opinião:
.
Parti para a leitura deste livro sem expectativas, pois já havia lido comentários positivos e comentários menos positivos sobre o mesmo.
“A Cabana” conta a história de uma família que perdeu um dos seus membros queridos de uma forma atroz e que os marcou de forma muito profunda.
Um crime horrível, afasta Missy da sua família. Mack, o seu pai, incapaz de recuperar desta perda, torna-se um homem perseguido pela Grande Tristeza. A sua mulher, Nan, encarou este acontecimento com muita tristeza também, mas como mantinha uma relação intima, com Deus, soube aceitar a morte da filha de outra forma.
Um certo dia, em que Mack havia ficado a trabalhar em casa, dirige-se à caixa de correio e encontra um bilhete endereçado a si. Um bilhete aparentemente simples, mas que deixa Mack muito perturbado. Pois é um convite para visitar a Cabana onde Missy foi assassinada e o referido bilhete está assinado por Deus (Papá).
Mackenzie, tem assim uma oportunidade única de colocar todas as suas questões, dúvidas e acusações a Deus. Mas, o que o pai de Missy encontra naquela Cabana é algo muito diferente do que imagina. Encontra um Deus diferente do Deus que ele conhece ou que lhe deram a conhecer. Assim, sucede uma conversa aberta em que Mack é levado a ver e compreender todas as suas dúvidas.
Um livro com uma história amargamente triste e ao mesmo tempo bela.
Triste, devido à morte de Missy e nas condições que ocorreu e bela pela forma que o autor nos apresenta Deus "Qualquer que seja o poder de Deus, o primeiro aspecto de Deus jamais é o do Senhor absoluto, do Todo-Poderoso. É o do Deus que se coloca ao nosso nível humano e se limita"ª
.
ª) Jacques Ellul, Anarchy and Christianity in "A Cabana"
Classificação: 4/6 - Bom
.
O meu muito obrigado à Porto Editora pela oferta que me fez deste livro.

9 comentários:

    Eu o li e achei uma experiência bem diferente que um homem teve com Deus.
    O livro é surpreendente.

     

    Paula, o teu comentário ao livro convenceu-me a comprá-lo; mas a tua nota 4 deixou-me em dúvida.
    O tema é interessantissimo, parece ser um livro sério e profundo, não uma simples "estória". Fiquei um pouco indeciso...

     

    Li este livro com muita paixão gostei mesmo muito...

    Beijo para ti Paula e até breve.

     
    On 28 outubro, 2009 Paula disse...

    Georgia,
    Sem dúvida diferente e intensa.

    Manuel Cardoso,
    Olá Manuel
    Pois, foi um 4 porque, deixa ver se me consigo explicar, como já li alguma literatura do género, confesso que a mensagem do livro não foi novidade para mim :)

    Cristina,
    Beijinho

     

    Boa Noite paula, muito tenho ouvido falar deste livro e tenho-o visto por todo o lado, gostaria que me esclarece-se o seguinte visto que ainda o li e estou com dúvidas em relação a comprá-lo ou não. é algo semelhante ao «conversas com Deus» do N.D.Walsh???

    aproveito para lhe dar os parabens pelo magnifico espaço que criou aqui. e que voltarei com certeza em breve para comentar e perguntar.
    convido-a tb. a dar um saltinho ao meu Página a Página, criado a poucos dias. sempre que quizer, estarei a espera das suas criticas e comentarios. o endereço é o seguinte:
    http://nclivros.wordpress.com/
    ate breve.
    Nuno Chaves

     
    On 28 outubro, 2009 nuno Chaves disse...

    boa noite uma vez mais paula, obrigado pelo seu comentario no pagina, mas acabou por nao me responder a questao que lhe tinha colocado na cabana...

     
    On 29 outubro, 2009 Paula disse...

    Nuno Chaves,
    Espero ter ajudado, deixei a mensagem no página a página :)
    Um abraço

     

    Eu li esse livro em dois dias e me apaixonei, acho que todo mundo que já sofreu uma grande perda precisa dessa leitura.

     

    Kátia Ruivo,
    Concordo contigo Kátia
    Um abraço

     

Blogger Templates by Blog Forum