Sinopse: “Em 1999, Stephen King começou a escrever sobre o seu ofício e a sua vida. A meio do ano, um acidente muito noticiado ameaçara a sua sobrevivência e, nos meses de recuperação, o nexo entre a escrita e a vida tornou-se mais crucial do que nunca para o escritor. O resultado é uma obra clara, útil e reveladora.
Escrever é, assim, um relato fascinante que, partindo da experiência específica do autor, proporcionará aos leitores uma nova perspectiva sobre a formação de um escritor, com conselhos práticos e inspiradores sobre todas as fases, desde o desenvolvimento da intriga e a criação das personagens até aos hábitos profissionais e à fuga ao trabalho.
Publicado originalmente no New Yorker e vivamente aclamado, Escrever culmina com um testemunho comovente do modo como a necessidade irresistível de escrever estimulou a recuperação de Stephen King e o trouxe de volta à vida. Brilhantemente estruturado e cativante, este livro ensinará – e divertirá – todos os que o lerem.

Stephen King escreveu mais de trinta livros, todos best-sellers internacionais. Muitos foram adaptados ao cinema – como Carrie, Misery ou Shining – tornando-se filmes de terror de culto.
Escrever – Memórias de Um Ofício é o seu primeiro livro de não ficção”


O que eu achei…
Neste livro, de não ficção, King mostra o seu lado bem-humorado. A começar pelo início quando nos apresenta três prefácios. O primeiro, faz-nos uma alusão da sua juventude e explica-nos o por quê de escrever um livro não ficção, o segundo prefácio alerta-nos que tentará ter menos “palha” possível no decorrer do livro e finalmente o terceiro prefácio diz-nos que “o editor tem sempre razão (…)por outras palavras, escrever é humano, editar é divino”.
Ao longo do livro Stephen King dá-nos a conhecer a sua infância, juventude e as dificuldades que teve em tornar-se um escritor de sucesso. Revela-nos não só as suas inspirações para escrever Carrie e Misery, assim como as suas dificuldades.
Na segunda e última parte do livro dá dicas/exemplos de como escrever, mas vai avisando de que “Se não tem tempo para ler, não tem tempo nem ferramentas para escrever”.

Um livro que recomendo. De 1 a 10 e, dentro deste género, dou 10

11 comentários:

    vou com certeza ler este livro!

     

    Seu blog é magnífico minha amiga! Adorei e tenho certeza que irei parender muitas coisas por aqui.
    Obrigada por ser seguidora do meu humilde blog.
    Um grande beijo e ótimo dia pra você!

     

    SEU BLOG e muito interesante, gosto de ele.
    Ton blog me plait beaucoup,
    - on y apprend beaucoup!
    Tu blog es lindo y se desprende en el mucho saber, sera bueno para leer y aprender constantemente y siempre, cada dia aprendemos mas , nunca se termina de aprender, por eso es bueno continuar todo lo que es posible.

    adore eso :
    “o editor tem sempre razão (…)por outras palavras, escrever é humano, editar é divino”.

    y esto otro tb :

    “Se não tem tempo para ler, não tem tempo nem ferramentas para escrever”.

    Es verdaderamente cierto , concordo, estoy de acuerdo totalmente y perfectamente.

    SI! leer es tb todo eso : viajar, levitar, embarcar,sonhar, desembarcar, tropeçar, levantar, viver...
    parabens por seu post amiga

     
    On 28 janeiro, 2009 Paula disse...

    Cristina:
    É um livro muito interessante e para quem tem o intuito de escrever, acho fundamental. Ao longo da segunda parte do livro, King dá exemplos concretos de como se deve caracterizar os personagens, que palavras e verbos devem ser usados. Aponta as falhas de alguns romances, assim como também enaltece o que admira em outros.

    Poseidon:

    Obrigado pela visita e pelos comentários.
    Continuação de boas leituras :)

     
    On 28 janeiro, 2009 Paula disse...

    Para Serena Flor:
    Um óptimo dia para ti também e continuação de boas leituras :)

     

    Interessante, gostava de saber um pouco sobre a vida deste autor, visto que é um dos meus preferidos, já li quatro livros seus e tenho mais (seis) à espera de serem lidos. Adorava construir um romance, gostaria portanto saber como é que o stephen se tornou escritor. Concordo com essa frase: "Se não tem tempo para ler, não tem tempo nem ferramentas para escrever”, mas depende muito da inspiração, do dom, da nossa imaginação...

     
    On 06 maio, 2011 Barroca disse...

    Também gostei bastante deste livro; King surpreende até quando escreve um manual de escrita criativa. ;)

     

    Eu gostaria muito de COMPRAR este livro para ler ou conseguir um e-book em português, mas estou no Brasil e não consigo, será que você conseguiria me ajudar de alguma forma.


    navarco@gmail.com

     
    On 11 outubro, 2011 Paula disse...

    André Maia,
    Acabei de responder por mail :)

     
    On 05 dezembro, 2011 Anónimo disse...

    Olá, assim como o André Maia, eu tenho interesse em adquirir este livro, mesmo se for em PDF. Se não for incômodo, poderia me ajudar também?

    Meu e-mail é: irassj@hotmail.com

     

    Anónimo,
    Acabei de responder para o seu mail.
    Um abraço

     

Blogger Templates by Blog Forum