.
Sinopse: Holly Frick é uma escritora nova-iorquina de trinta e cinco anos, inteligente e divertida, que se vê confrontada com a separação do marido. Alex, por quem ainda está apaixonada. No seu círculo de amigos todos parecem capazes de retirar algum prazer da situação de vida em que se encontram, e Holly decide fazer o mesmo. Compra um cão e envolve-se com um rapaz bastante mais novo. O quotidiano de Holly e dos seus amigos, as amizades, os casos amorosos e as aventuras sexuais, a busca incessante da felicidade do amor e as dificuldades em manter uma relação estável formam um complexo padrão afectivo e emocional que é aqui retratado com profundidade, subtileza e muito humor.
.
A minha opinião:
Esta é uma leitura agradável e que se faz rápida. De início, pode parecer que a mensagem é simples e pouco profunda, no entanto e com o decorrer da leitura vamos dando conta de uma reflexão que se faz despercebida, mas que persiste e que vai de encontro a uma mensagem implicita no livro: Vive o dia-a-dia como se não houvesse amanhã! No entanto, os personagens que seguem este pensamento, não conseguem deixar de pensar nas suas acções em prol da sociedade, da cultura e dos costumes.
Assim, Amanda, Holly, Betsy e Leonard tentam seguir o caminho que lhes parece trazer mais felicidade, mas isto não lhes impede de duvidar e questionar este mesmo caminho.
.
Uma leitura leve, que aconselho para um fim de semana :)
.
Classificação: 4/7 Bom

3 comentários:

    Ena, já está aqui a opinião formulada! :D Tão rápida! ;-)
    De facto, tem uma bela mensagem implicita, esta que devemos obrigatoriamente dizer todos os dias para os nossos próprios botões: "viver o presente como se não houvesse amanhã"! Exactamente. Pois, nem sempre é fácil... Estou curioso por conhecer estas personagens. Este será uma das próximas leituras.
    Continuação de boas leituras!
    Bjs

     

    Foi um gosto visitar o teu blog. Estive a ler alguns post e para não me esquecer de voltar já sou seguidor. Se possivel passa no meu e torna te seguidor também. abraço

    As aventuras de um empregado gourmet

    http://ohpirussas.blogspot.com/

     

    Guerreiro, o devorador de livros,
    O livro é interessante e damos connosco a pensar nisto mesmo. Para quê tanta preocupação no nosso dia a dia, devemos é tirar partido das coisas, sejam elas boas ou más. Afinal com as coisas boas pouco aprendemos :P Contudo, depois ocorrem outros pensamentos...

    Abraço

    Pirussas,
    Bem vindo ao blogue, vou visitar o teu :)

     

Blogger Templates by Blog Forum